A história da Paratiana começou em 1996, quando Carlos José Gama Miranda, o Cazé, e seu sócio, o príncipe D. João de Orleans e Bragança, produziram a cachaça Maré Alta em Paraty. Com o fim da sociedade, Cazé e seu irmão, Paulo Eduardo Gama Miranda, iniciaram no bairro da Pedra Branca, em um antigo casarão no meio da Mata Atlântica e nas proximidades da antiga fazenda Muricana, uma nova linha de cachaças, que incluía a Paratiana, a Labareda e a Mulatinha. Além das cachaças, são famosas também suas aguardentes compostas, sobretudo a Gabriela e a Caramelada.

Cachaça Paratiana é caracterizada pelo aroma marcante, e seu sabor é diferenciado pois a cana-de-açucar, após selecionada, gera um puro suco, que é fermentado de forma natural, em dornas de aço inoxidável.

As motivações de Cazé para batizar sua cachaça foram homenagear Paraty, cidade na qual já foi eleito prefeito, e também sua esposa, Ana Bueno. Cazé brinca que chegou em casa com uma garrafa da cachaça e disse: “Para ti, Ana”.

Cachaça Paratiana Ouro, envelhecida de 1 a 2 anos em barris de carvalho, madeira europeia que lhe empresta a cor dourado e uma textura leve, fazendo com que a cachaça marque bem enquanto desce macia.

Cachaça Paratiana Ouro 700ml

R$99,00
Atenção, última unidade!
Cachaça Paratiana Ouro 700ml R$99,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Cachaçaria SP | Edifício Copan Av. Ipiranga, 200, Loja 15, República, São Paulo/SP Atendimento de Segunda à Sexta das 11H às 19H e aos Sábados das 12H as 17H Liberação imediata!

    Grátis

A história da Paratiana começou em 1996, quando Carlos José Gama Miranda, o Cazé, e seu sócio, o príncipe D. João de Orleans e Bragança, produziram a cachaça Maré Alta em Paraty. Com o fim da sociedade, Cazé e seu irmão, Paulo Eduardo Gama Miranda, iniciaram no bairro da Pedra Branca, em um antigo casarão no meio da Mata Atlântica e nas proximidades da antiga fazenda Muricana, uma nova linha de cachaças, que incluía a Paratiana, a Labareda e a Mulatinha. Além das cachaças, são famosas também suas aguardentes compostas, sobretudo a Gabriela e a Caramelada.

Cachaça Paratiana é caracterizada pelo aroma marcante, e seu sabor é diferenciado pois a cana-de-açucar, após selecionada, gera um puro suco, que é fermentado de forma natural, em dornas de aço inoxidável.

As motivações de Cazé para batizar sua cachaça foram homenagear Paraty, cidade na qual já foi eleito prefeito, e também sua esposa, Ana Bueno. Cazé brinca que chegou em casa com uma garrafa da cachaça e disse: “Para ti, Ana”.

Cachaça Paratiana Ouro, envelhecida de 1 a 2 anos em barris de carvalho, madeira europeia que lhe empresta a cor dourado e uma textura leve, fazendo com que a cachaça marque bem enquanto desce macia.