Produzida na propriedade da família Barreto Silva, no município de Chã Grande - Pernambuco, 85 km da capital do Estado, Recife, a Cachaça Sanhaçu foi certificada como orgânica desde seu ingresso no mercado em 2008.

A família trabalha com agricultura orgânica desde a aquisição da propriedade, em 1993. Ao longo desses anos vem implementado o sistema de manejo agroflorestal que hoje encontra-se bastante desenvolvido podendo-se observar exemplares de árvores nativas da Mata Atlântica.

Com o ressurgimento da flora original, a propriedade tornou-se um refúgio natural para fauna nativa da região, onde contempla-se com frequência animais como: teju, saguis, raposas, lebres e diversas aves, dentre elas o sanhaçu, que deu origem ao nome da cachaça.

Buscando harmonia com a natureza e o mínimo de impacto ambiental o Engenho Sanhaçu preocupa-se especialmente com os resíduos reaproveitando quase tudo no processo de produção da cachaça. Além disso, toda energia utilizada na propriedade é proveniente de fontes renováveis, como: solar e eólica. No Engenho reaproveita-se também boa parte da água da chuva.
Com este compromisso com o meio ambiente, a Sanhaçu recebeu em 2013 o Certificado de Carbono Zero.

Medalha de prata no Concurso de vinhos e destilados do Brasil – 2019 – Sanhaçu Freijó
 

Cachaça Sanhaçu Freijó 600ml

R$99,00
Esgotado
Cachaça Sanhaçu Freijó 600ml R$99,00

Produzida na propriedade da família Barreto Silva, no município de Chã Grande - Pernambuco, 85 km da capital do Estado, Recife, a Cachaça Sanhaçu foi certificada como orgânica desde seu ingresso no mercado em 2008.

A família trabalha com agricultura orgânica desde a aquisição da propriedade, em 1993. Ao longo desses anos vem implementado o sistema de manejo agroflorestal que hoje encontra-se bastante desenvolvido podendo-se observar exemplares de árvores nativas da Mata Atlântica.

Com o ressurgimento da flora original, a propriedade tornou-se um refúgio natural para fauna nativa da região, onde contempla-se com frequência animais como: teju, saguis, raposas, lebres e diversas aves, dentre elas o sanhaçu, que deu origem ao nome da cachaça.

Buscando harmonia com a natureza e o mínimo de impacto ambiental o Engenho Sanhaçu preocupa-se especialmente com os resíduos reaproveitando quase tudo no processo de produção da cachaça. Além disso, toda energia utilizada na propriedade é proveniente de fontes renováveis, como: solar e eólica. No Engenho reaproveita-se também boa parte da água da chuva.
Com este compromisso com o meio ambiente, a Sanhaçu recebeu em 2013 o Certificado de Carbono Zero.

Medalha de prata no Concurso de vinhos e destilados do Brasil – 2019 – Sanhaçu Freijó